Lógica indica que o Guarani já escapou do pior na Série B


Lógica indica que o Guarani já escapou do pior na Série B

Os concorrentes têm vários confrontos diretos e vão perder pontos nas últimas rodadas. Guarani vai enfrentou os seus rivais contra a degola na Série B

Evidente que a matemática em nada vai tirar a motivação da equipe para que continue somando pontos e termine em posição melhor

Categorias:

Por: , 10/10/2022

Guarani livre com 41 pontos. Foto: Pedro Teixeira – especial GFC

Campinas, SP, 10 (AFI) – Quem se dispuser a fazer um mapeamento das próximas quatro rodadas do vai chegar à lógica conclusão que se o Guarani perder todos os seus jogos, ainda assim não será rebaixado.

Evidente que a matemática em nada vai tirar a motivação da equipe para que continue somando pontos e termine a competição no meio da tabela.

Na 14ª colocação, com 41 pontos, observe que uma série de confrontos diretos entre os encrencados na zona da degola coloca o Guarani em situação confortável.

NÁUTICO

Na lanterna, com 30 pontos, o Náutico, na condição de visitante, vai enfrentar o Novorizontino, na sexta-feira.

Também fora de casa, terá confronto direto com a também ameaçada Chapecoense.

E mesmo em sua casa, seus adversários serão Grêmio e Ponte Preta.

Lógico, nem pensar que o Náutico chegaria nos 41 pontos do Guarani.

BRUSQUE

Com 31 pontos, na penúltima colocação, pela projeção natural o Brusque teria o limite de 43 pontos.

Ora, se ele ganhar de Operário e Novorizontino, segura esses concorrentes diretos.

E quem garante que vai somar pontos facilmente nos jogos contra o Grêmio, em Porto Alegre, e CRB, em Santa Catarina?

OPERÁRIO

Os 33 pontos conquistados pelo Operário, o colocam em alto risco pelos confrontos diretos com Brusque e Novorizontino, além de jogos fora contra CRB e principalmente o Sport Recife, que está na briga pelo acesso.

CSA

Dos encrencados, o CSA, com 35 pontos, é o único sem confrontos diretos com os encrencados, mas a agenda coloca no caminho dele três adversários consolidados na pontuação, casos de Londrina, Cruzeiro e Ponte Preta. Ainda assim, fora de casa, terá que enfrentar o regular Vila Nova.

Logo, missão das mais ingratas.

NOVORIZONTINO

O fato de ter conquistado 37 pontos não serve de refresco para o Novorizontino, pois três dos seus próximos adversários são concorrentes diretos: Náutico, Brusque e Operário.

Logo, se ele vencer os jogos, deixa esses adversários para trás. Outro ingrato adversário será o Cruzeiro.

E aí, alguém apostaria as fichas nele?

CHAPECOENSE

Daqueles em situação de risco, aparentemente a mais confortável é a da Chapecoense, que precisa basicamente conquistar quatro dos 12 pontos em disputa.

Em seus domínios ela vai enfrentar Tombense e Náutico.

Fora vai jogar contra o Sampaio Corrêa, nesta terça-feira, e Guarani, na última rodada.

AINDA DUVIDA?

Após esse seletivo apanhado, você ainda tem dúvidas que o Guarani já escapou de qualquer risco?

Caso você seja extremamente cauteloso, joga com a hipótese de que toda conjuntura reme contra o time bugrino, então sugira a conquista de apenas mais um ponto no jogo diante do CRB, na noite desta terça-feira, em Campinas, pra que o objetivo seja sacramentado.

E cá pra nós: ao atingir estágio técnico satisfatório, as chances reais do Guarani são de vitória sobre os alagoanos.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *