Série D: Com ingressos à R$300, clube tenta espantar torcida rival


Série D: Com ingressos à R$300, clube tenta espantar torcida rival

O Procon notificou o clube cobrando esclarecimento sobre o preço da entrada para o confronto do final de semana

A polêmica envolvendo o valor do ingresso cobrado pelo Retrô para a partida da Série D abre brechas para uma discussão inédita

Categorias:

Por: , 26/07/2022

Foto: Divulgação para a partida de volta contra o Santa Cruz, na segunda fase da , traz à tona uma discussão inédita – a tentativa de afastar a torcida adversária.

O clube anunciou a venda dos bilhetes por R$300 (inteira) e R$150 (meia).

O presidente do Azulão, Laércio Guerra, afirmou que a quantia elevada segue as necessidades financeiras do clube. 

O Coral, por outro lado, desaprova a atitude do adversário e garante que vai analisar a legalidade dos preços de acordo com o Estatuto do Torcedor e Código do Consumidor.

O presidente Antônio Luiz Neto, junto ao corpo jurídico coral, garantem o estudo sobre a legalidade dos preços anunciados pelo Retrô. O clube vai orientar e defender a torcida, regido pelo Estatuto do Torcedor e Código do Consumidor. 👊🏻Detalhes:

— Santa Cruz F.C. (@SantaCruzFC)

A FESTA DA TORCIDA CORAL

Apesar da declaração do dirigente do Retrô, fica a impressão de que a tentativa do clube é afastar a torcida do Santa Cruz para a partida decisiva. 

Pelo jogo de ida na segunda fase da Série D, a torcida Coral compareceu em peso para apoiar o Tricolor de Pernambuco, que jogou em casa. Ao todo, 19.811 pagantes estiveram presentes no Arruda no último domingo (24) e a festa da torcida nas arquibancadas chamou atenção.

Para a partida de volta, na Arena de Pernambuco, a apenas 40 km de distância de Recife, o torcedor Coral foi surpreendido pelo alto valor do ingresso cobrado pela equipe rival.

VICE-CAMPEÃO DA SÉRIE D

O Azulão, apesar de vice-campeão da Série D em 2021, não conta com grande volume de torcedores nas arquibancadas, o que pode ter influenciado a ação da diretoria.

O time chegou à decisão na edição passada, mas foi derrotado pelo Náutico, atual campeão do torneio.

NOTIFICAÇÃO DO PROCON

O Procon notificou o Retrô cobrando esclarecimento sobre o preço da entrada para o confronto do final de semana. 

Em documento enviado ao clube, o órgão considera o artigo artigo 39, inciso V e X do Código de Defesa do Consumidor, que prevê a proibição de cobrar vantagem “manifestamente excessiva, bem como o aumento do preço sem justa causa”.

Fiscais do Procon visitaram o CT do clube, em Camaragibe, nesta segunda-feira (25), para cobrar respostas do clube sobre os mecanismos da venda de ingressos como, por exemplo, a diferença dos valores para torcida visitante e mandante.

Ainda segundo a nota, o julgamento do caso pode render ao Retrô uma penalização que varia de R$1.000 a R$9 milhões.

“Diante das denúncias recebidas estamos promovendo essa notificação para que o Retrô apresente informações da composição desses valores. Nosso intuito é verificar se o consumidor não está sendo cobrado por uma vantagem manifestamente excessiva”, declarou  Pedro Cavalcanti, Gerente Geral do Procon Pernambuco.

O Santa Cruz não descarta a possibilidade de protocolar medidas na esfera jurídica.

Confira também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ative nossas Notificações    CLARO QUE SIM!! :(